Home / Notícias Publicadas / Sindicato da Saúde de Teófilo Otoni busca solução para pagamento do 13º salário dos funcionários do Hospital Santa Rosália

Sindicato da Saúde de Teófilo Otoni busca solução para pagamento do 13º salário dos funcionários do Hospital Santa Rosália

hospitalA Feessemg e o Sindicato da Saúde de Teófilo Otoni irão protocolizar ação junto à Justiça do Trabalho, em Belo Horizonte, contra o Hospital Santa Rosália, localizado na cidade de Teófilo Otoni. O Hospital não fez o pagamento do 13º salário de 2015 aos funcionários, além de não ter feito a correção do salário mensal até o 5º dia útil.

“Os funcionários já não agüentam mais essa falta de respeito e fora a insatisfação com a diretoria, pois não cumpre leis trabalhistas e não respeita os funcionários, e o próprio Sindicato”, afirma o presidente do Sindicato, Gilberto Nascimento, em entrevista para o Programa Conexão 98, na rádio local.

O Hospital propôs resolver o problema do 13º salário realizando o pagamento em oito parcelas ao longo de 2016, o que provocou indignação dos funcionários e do sindicato. “Nosso serviço não é eletrodoméstico, não é um objeto para ser comprado em suaves prestações. Os funcionários já trabalharam e já deveriam ter recebido”, reclama Nascimento.

Repasse

Segundo o presidente do Sindicato, o Hospital já teria recebido um repasse de R$ 6 milhões, dos quais R$ 1 milhão seria para acertar o pagamento dos funcionários. E a proposta do Hospital foi realizar o pagamento do 13º em quatro parcelas.

A ameaça de greve não está descartada, caso a ação que será protocolizada na Justiça do Trabalho não resolva. O problema do 13º salário não pago atinge apenas os funcionários, mês passado os médicos já haviam entrado de greve, mas a situação foi resolvida.

 

Crédito da foto: Site da Prefeitura de Teófilo Otoni

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *